PEDAGOGIA HOSPITALAR: A NECESSIDADE E A IMPORTÂNCIA DE UMA IMPLEMENTAÇÃO NA CIDADE DE PONTA GROSSA–PR

Autores

  • Ingrid Gayer Pessi Uninter - Centro Universitário Internacional IESSA - Faculdade Sant'Ana
  • Shaiene Rodrigues de Ávila IESSA- Faculdade Sant'Ana
  • Donizeti Pessi Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG Faculdade Sant'Ana - IESSA
  • Marilene Santana dos Santos Garcia UNINTER - Centro Universitário Internacional

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v16i40.19628

Palavras-chave:

Pedagogia hospitalar. Educação Não Formal. Aprendizagem.

Resumo


A pesquisa tem como objeto os desafios, a necessidade e a importância da Pedagogia Hospitalar para a cidade de Ponta Grossa-Pr. E apresenta como objetivo analisar e compreender a pedagogia hospitalar como uma nova atuação em nossa cidade, visando o pleno desenvolvimento de crianças e jovens hospitalizados. Com o passar dos anos muito se conquistou no âmbito educacional hospitalar e, muito se adquiriu com as legislações vigentes no país como constam na Constituição Federal de 1988, no Estatuto da Criança e do Adolescente, nas Diretrizes Operacionais para o Atendimento Educacional Especializado na Educação Básica, ressaltando que a pedagogia hospitalar faz parte da modalidade de Educação Especial. Percebeu-se, que, a partir de questionário realizado com uma pedagoga de um colégio particular da cidade de Ponta Grossa-Pr, mesmo com amparo legal, a pedagogia hospitalar na cidade ainda não é reconhecida e há falhas nas políticas públicas para firmar parcerias entre educação e saúde e muito ainda precisa ser discutido para que essa atuação de fato aconteça na cidade. A pesquisa de cunho qualitativo trouxe reflexões acerca da pedagogia hospitalar e a necessidade de uma implantação na cidade, visando a qualidade da educação e fazendo com que a garantia das leis seja efetiva, pois sabe-se que a educação é um direito de todos. Espera-se que a pesquisa realizada também através de bibliografias, seja significativa e contribua para um melhor aprofundamento também de acadêmicos que apoiem e lutem por esse direito profissional e social.

Biografia do Autor

Ingrid Gayer Pessi, Uninter - Centro Universitário Internacional IESSA - Faculdade Sant'Ana

Mestranda em Educação e Novas Tecnologias (Centro Universitário Internacional Uninter), Especialista em Psicopedagogia clínica e institucional (ISAL - PR) e graduada em Licenciatura em Pedagogia - Magistério para a Educação Básica (Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG). Professora titular na Faculdade SantAna nos cursos de Licenciatura em Pedagogia, Licenciatura em Letras Português/Libras, Bacharelado em Educação Física, Bacharelado em Administração e Bacharelado em Secretariado Executivo. Professora do Instituto de Filosofia e Teologia Mater Ecclesiae no curso de Bacharelado em Filosofia. Professora titular no Colégio SantAna no curso técnico de Formação de Docentes - Magistério. Tem experiência na área de Educação, Formação de Professores, Novas Tecnologias na Educação e Educação a Distância.

Shaiene Rodrigues de Ávila, IESSA- Faculdade Sant'Ana

Licenciatura em Pedagogia pela Faculdade San'Ana (IESSA).

Donizeti Pessi, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG Faculdade Sant'Ana - IESSA

Doutorando em Educação (Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG), Mestre em Teologia (PUCPR), Especialista em Filosofia Contemporânea (FACEL/Curitiba-PR); Bacharelado em Filosofia pelo Instituto de Filosofia e Teologia Mater Ecclesiae - livre e Licenciado em Filosofia pela Faculdade Padre João Bagozzi . Professor Titular na Faculdade Sant'Ana nos cursos de Licenciatura em Filosofia, Licenciatura em Letras Português/Libras, Licenciatura em Pedagogia e Bacharelado em Psicologia. Professor Colaborador do Departamento de Educação e do Departamento de Artes da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Tem experiência na área de Filosofia, Educação, Formação de Professores, Artes, Música e Teologia .

Marilene Santana dos Santos Garcia, UNINTER - Centro Universitário Internacional

oncluiu graduação em Letras: Português, Alemão e Lingüística pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (1982), mestrado em Linguística pelo Instituto de Estudos da Linguagem - UNICAMP (1988) e doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1994). Concluiu em outubro/2016 pesquisa de Pós-Doutorado no Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologias da Inteligência e Design Digital - TIDD - Departamento de Computação da Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologias da PUC-SP sobre Mobile-learning, aplicativos e aprendizagem de línguas. Além de pesquisadora, é consultora e professora. Como consultora atua no desenvolvimento de conteúdos com foco em tecnologias como suporte à formação de professores (autora de conteúdos educacionais da editora SENAC-SP).Como professora, participou de 2014 a 2016 do curso de pós-graduação em Assessoria de Comunicação e Educação e Tecnologias, da Universidade Anhembi Morumbi- SP. Desde 2016 é professora e pesquisadora do Mestrado Profissional em Educação e Novas Tecnologias da UNINTER- Curitiba - Paraná, onde ministra as disciplinas "Aprendizagens ativas e ensino híbrido" e "Tendências contemporâneas da Educação". Também coordena o grupo de pesquisa: "Educação híbrida: Metodologia e objetos de aprendizagem digitais em ambientes de mobilidade tecnológica".

Downloads

Publicado

29-12-2021

Como Citar

PESSI, I. G.; DE ÁVILA, S. R.; PESSI, D.; DOS SANTOS GARCIA, M. S. PEDAGOGIA HOSPITALAR: A NECESSIDADE E A IMPORTÂNCIA DE UMA IMPLEMENTAÇÃO NA CIDADE DE PONTA GROSSA–PR. Educere et Educare, [S. l.], v. 16, n. 40, p. 131–153, 2021. DOI: 10.17648/educare.v16i40.19628. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/19628. Acesso em: 18 maio. 2022.