A CRIAÇÃO DA CAPES COMO AGÊNCIA DE FOMENTO NO BRASIL E SEU PAPEL NO PROCESSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Autores

  • Andreia Gomes da Cruz Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Departamento de Educação e Sociedade – DES/IM/UFRRJ, Rio de Janeiro, Brasil
  • Aline de Carvalho Moura Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Departamento de Educação e Sociedade – DES/IM/UFRRJ, Rio de Janeiro, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v16i40.24333

Palavras-chave:

CAPES, formação de professores, avaliação institucional

Resumo


Este artigo tem o objetivo de pensar as políticas de formação de professores a partir de uma discussão que articula a criação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) como agência de fomento no Brasil e seus papéis institucionais no processo de avaliação. No que diz respeito ao caminho metodológico implementado para alcançar o objetivo proposto, procuramos trazer uma discussão preliminar sobre a criação da Capes, cuja identidade e papéis estão vinculados aos processos de avaliação institucional, auxiliando nos debates e proposições de políticas para formação docente ao longo dos anos. Ao final da exposição sobre a importância da Capes como agência de fomento e suas articulações para as mudanças de objetivos no processo de institucionalização, foram feitos alguns apontamentos sobre os projetos e políticas desenvolvidas em alguns governos, no intuito de pensar os impactos nas políticas educacionais e a forma como se propõe a discutir a formação de professores.

Biografia do Autor

Andreia Gomes da Cruz, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Departamento de Educação e Sociedade – DES/IM/UFRRJ, Rio de Janeiro, Brasil

Doutora em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Professora Adjunta da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Departamento de Educação e Sociedade – DES/IM/UFRRJ, Rio de Janeiro, Brasil.

Aline de Carvalho Moura, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Departamento de Educação e Sociedade – DES/IM/UFRRJ, Rio de Janeiro, Brasil

Doutora em Educação pela Universidade  do Estado do Rio de Janeiro (PROPED). Professora Adjunta da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Departamento de Educação e Sociedade – DES/IM/UFRRJ, Rio de Janeiro, Brasil.

Downloads

Publicado

29-12-2021

Como Citar

DA CRUZ, A. G.; MOURA, A. de C. A CRIAÇÃO DA CAPES COMO AGÊNCIA DE FOMENTO NO BRASIL E SEU PAPEL NO PROCESSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Educere et Educare, [S. l.], v. 16, n. 40, p. 508–530, 2021. DOI: 10.17648/educare.v16i40.24333. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/24333. Acesso em: 19 jan. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ: GESTÃO, AVALIAÇÃO E QUALIDADE EM EDUCAÇÃO