DESAFIOS PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM CURSO EPT/EJA NO IFPR – CAMPUS UMUARAMA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v16i40.25690

Palavras-chave:

Educação Profissional, Educação de Jovens e Adultos, Currículo Integrado.

Resumo


Este artigo trata dos desafios da implantação de um curso de Educação Profissional e Técnica de Nível Médio integrado à Educação de Jovens e Adultos (EPT/EJA), no âmbito do Instituto Federal do Paraná (IFPR) - Campus Umuarama. Seu objetivo é identificar e discutir, no contexto das instituições de ensino que ofertam EJA e EPT/EJA no município, o perfil dos estudantes, as dificuldades das escolas, além de mostrar os desafios relacionados ao currículo integrado e às experiências referentes à EJA na visão de docentes do Ensino Médio Integrado do referido campus. A metodologia envolveu pesquisa bibliográfica e de campo, utilizando questionários e entrevistas estruturadas, entre outubro e dezembro de 2019. Os resultados indicaram que a maioria do público da EJA, no município, é composto por estudantes da periferia, trabalhadores de baixa renda, e a evasão foi apontada como o principal problema. Entre os professores participantes, a maioria não possui formação específica em EJA, não foi capacitada pela instituição, e muitos docentes não compreendem o conceito de integração. Como síntese, para superar as dificuldades relacionadas à implementação da EPT/EJA, as propostas devem se fundamentar nos princípios da formação integral, promovendo, a todos, o direito à educação continuada ao longo da vida.

Biografia do Autor

Hewerton Aparecido Lopes, Instituto Federal do Paraná

Graduado em Licenciatura em Educação Física pela Universidade Paranaense/UNIPAR, campus de Umuarama-PR (2011). Especialista em Metodologia e Técnicas de Ensino pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná/UTFPR, campus de Medianeira-PR (2018). Mestrando do ProFEPT - Programa de Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica - no Instituto Federal de Santa Catarina/IFSC (2018-atual). Atua como técnico em assuntos educacionais no Instituto Federal do Paraná/IFPR - Campus Umuarama, desde 2017, lotado na seção pedagógica e de assuntos estudantis, auxiliando nas atividades de ensino, planejamento, orientação, a fim de contribuir para a regularidade do desenvolvimento do processo educativo, e assessorando nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Adriano Larentes da Silva, Instituto Federal de Santa Catarina

Pós-doutor em Educação pela Universidade Nacional Autônoma do México e em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Doutor em História pela Universidade Federal de Santa Catarina e professor do Instituto Federal de Educação de Santa Catarina, Campus Chapecó. Entre suas áreas de atuação como docente e pesquisador estão o Currículo Integrado, a Educação de Jovens e Adultos, a Educação Profissional e as Políticas Públicas. É professor do mestrado PROFEPT/IFSC, onde leciona os componentes curriculares Bases Conceituais em EPT e Currículo e Formação Integrada. Também é líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Currículo Integrado do IFSC, Câmpus Chapecó e do Núcleo de Estudo, Pesquisa e Formação em Ensino, Trabalho e Sociedade. É Pró-Reitor de Ensino eleito do IFSC.

Downloads

Publicado

29-12-2021

Como Citar

LOPES, H. A.; DA SILVA, A. L. DESAFIOS PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM CURSO EPT/EJA NO IFPR – CAMPUS UMUARAMA. Educere et Educare, [S. l.], v. 16, n. 40, p. 83–110, 2021. DOI: 10.17648/educare.v16i40.25690. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/25690. Acesso em: 19 jan. 2022.