IMPLICAÇÕES DO RACISMO NO PROCESSO EDUCATIVO DE ESTUDANTES NEGROS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v16i40.26527

Palavras-chave:

Escola, Desempenho escolar, Racismo

Resumo


O presente estudo é fruto de uma pesquisa mais ampla desenvolvida durante o mestrado e tem como objetivo verificar as implicações do racismo na trajetória escolar dos estudantes negros oriundos de escolas públicas no interior do estado da Bahia e de Sergipe. Tivemos o apoio teórico de estudos desenvolvidos acerca dos efeitos do racismo na trajetória escolar dos discentes. Utilizamos o Software SPSS para analisar as respostas de 120 alunos inseridos nos anos finais do ensino fundamental.  Os dados foram analisados mediante a associação da cor da pele com a experiência de racismo e o desempenho escolar. Evidenciamos que não houve diferença significativa na experiência de racismo, tão pouco no desempenho escolar dos estudantes negros quando comparados com os brancos. Contudo, identificamos que quanto mais o aluno percebe que foi alvo de racismo, maior o atraso em sua escolaridade. Assim, além de investigar as disparidades no desempenho escolar de alunos negros e brancos, sugerimos que pesquisas futuras se debrucem acerca do modo como o racismo opera na produção do fracasso escolar.

Biografia do Autor

Patrícia Modesto Matos, Universidade Federal de Sergipe

Doutoranda em Psicologia pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal de Sergipe

Dalila Xavier de França, Universidade Federal de Sergipe

Professora Associada do Departamento de Psicologia, Mestrado e Doutorado em Psicologia da Universidade Federal de Sergipe

Professora Associada do Departamento de Psicologia, Mestrado e Doutorado em Psicologia da Universidade Federal de Sergipe

Downloads

Publicado

29-12-2021

Como Citar

MATOS, P. M.; FRANÇA, D. X. de. IMPLICAÇÕES DO RACISMO NO PROCESSO EDUCATIVO DE ESTUDANTES NEGROS. Educere et Educare, [S. l.], v. 16, n. 40, p. 1–18, 2021. DOI: 10.17648/educare.v16i40.26527. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/26527. Acesso em: 19 jan. 2022.