NO LAR E NA FAMÍLIA: PERMANÊNCIA E MUDANÇAS NAS REPRESENTAÇÕES DA MULHER FACE AOS VENTOS MODERNIZANTES

Autores

  • Frank Antonio Mezzomo; Cristina Satiê de Oliveira Pátaro; Géssica Aline Silva

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v9i17.9277

Resumo


Resumo: No intuito de analisar as representações da mulher veiculadas na mídia impressa católica do norte do Paraná, foram tabulados os conteúdos do Jornal Folha do Norte do Paraná do ano de 1970 que faziam referência à mulher. A análise possibilitou a construção das seguintes categorias: Propaganda e Anúncio, Conflitos, Colunas Sociais, Religião e Outros. Com base nos dados, pode-se afirmar que o Jornal não deixa de atribuir à mulher a função da maternidade, dos afazeres domésticos e do casamento como propósitos principais, ao mesmo tempo que evidencia a gradual conquista dos espaços públicos e mudanças de comportamento das mulheres no Brasil.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

CRISTINA SATIÊ DE OLIVEIRA PÁTARO; GÉSSICA ALINE SILVA, F. A. M. NO LAR E NA FAMÍLIA: PERMANÊNCIA E MUDANÇAS NAS REPRESENTAÇÕES DA MULHER FACE AOS VENTOS MODERNIZANTES. Educere et Educare, [S. l.], v. 9, n. 17, p. 269–281, 2000. DOI: 10.17648/educare.v9i17.9277. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/9277. Acesso em: 24 set. 2021.