RELAÇÃO ENTRE ALIMENTAÇÃO E IMUNIDADE EM TEMPOS DE PANDEMIA COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/aes.v4i1.25697

Palavras-chave:

Nutrição, SARS-CoV-2, Sistema imunológico

Resumo


O objetivo do trabalho foi realizar um levantamento bibliográfico para verificar o que há relatado sobre alimentação, sistema imunológico e COVID-19. O novo coronavírus é uma doença ocasionada pelo vírus SARS-CoV-2, apresenta quadro clínico que varia de infecções assintomáticas a quadros respiratórios agudos graves. Diante da pandemia de Covid-19 que está acontecendo, surgem dúvidas acerca da eficácia da alimentação contra o vírus. Não existem receitas milagrosas, chás, shakes ou remédios para a cura, as recomendações nutricionais para esse momento são manter hidratação, ingestão de probióticos, prébioticos e antioxidantes, manter uma alimentação saudável com ingestão adequada de vitaminas e minerais para fortalecer o sistema imunológico além de redobrar os cuidados com a higienização dos alimentos e sua conservação. Ainda não existe comprovação relacionada a um determinado alimento ou conduta nutricional que combata a contaminação pelo novo coronavírus, mas uma alimentação saudável que supra as necessidades de micronutrientes de acordo com cada fase da vida é fundamente para o funcionamento correto do sistema imunológico. Para garantir não só o funcionamento normal do sistema imune, mas para os demais sistemas fisiológicos, faz-se necessário uma alimentação saudável que inclua carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, minerais e água.

Referências

- OPAS – Organização Pan-Americana da Saúde. Folha informativa – COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus). Brasília (DF); 2020.

- MINISTÉRIO DA SAÚDE. Novo Coronavírus (COVID-19): informações básicas. 2020.

- FIO CRUZ – Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz). Alimentação e Covid-19: o que você precisa saber. Rio de Janeiro (RJ); 2020.

- Katona P, Katona-Apte J. The interaction between nutrition and infection. Clin Infect Dis. 2008 May 15;46(10):1582-8. doi: 10.1086/587658.

- López Plaza B, Bermejo López LM. Nutrición y trastornos del sistema inmune [Nutrition and immune system disorders]. Nutr Hosp. 2017 Oct 15;34(Suppl 4):68-71. Spanish. doi: 10.20960/nh.1575.

- Calder PC. Feeding the immune system. Proc Nutr Soc. 2013 Aug;72(3):299-309. doi: 10.1017/S0029665113001286.

- Wu Z, McGoogan JM. Characteristics of and Important Lessons From the Coronavirus Disease 2019 (COVID-19) Outbreak in China: Summary of a Report of 72 314 Cases From the Chinese Center for Disease Control and Prevention. JAMA. 2020 Feb 24. doi: 10.1001/jama.2020.2648.

- OMS – Organização Mundial da Saúde. Folha informativa – COVID-19 (doença causada pelo novo cor caraonavírus). Brasília (DF); 2020.

- Hai P, Ding Y, Wu X, Long J, Zhong Y, Li Y. The epidemiology, diagnosis and treatment of COVID-19. Int J Antimicrob Agents. 2020 May;55(5):105955. doi: 10.1016/j.ijantimicag.2020.105955.

- Delves PJ, Roitt IM. The immune system. First of two parts. N Engl J Med. 2000 Jul 6;343(1):37-49. doi: 10.1056/NEJM200007063430107.

- Prieto A, Reyes E, Sanz E, Alvarez-mon, M. Activación de las subpoblaciones de linfocitos a sus funciones efectoras. Medicine, 1997.v.51, p. 2263-7.

- Brodin P, Jojic V, Gao T, Bhattacharya S, Angel CJ, Furman D, et al. Variation in the human immune system is largely driven by non-heritable influences. Cell. 2015 Jan 15;160(1-2):37-47. doi: 10.1016/j.cell.2014.12.020.

- Childs CE, Calder PC, Miles EA. Diet and Immune Function. Nutrients. 2019 Aug 16;11(8):1933. doi: 10.3390/nu11081933.

- Abbas, A. Imunologia Celular E Molecular. Editora Elsevier (medicina); 2015.

- Dutra ES, Carvalho Baiocchi KM. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Alimentação e nutrição no Brasil. 2013. 4.ed. atualizada e revisada – Cuiabá: Universidade Federal de Mato Grosso / Rede e-Tec Brasil.

- Calder PC, Kew S. O sistema imunológico: um alvo para alimentos funcionais? Br J Nutr. Novembro de 2002; 88 Suppl 2: S165-77. doi: 10.1079 / BJN2002682.

- Cruvinel WM, Júnior DM; Araújo JAP, Catelan T, Souza AW, Silva NP, et al. Sistema imunitário - Parte I. Fundamentos da imunidade inata com ênfase nos mecanismos moleculares e celulares da resposta inflamatória. Rev. Bras. Reumatol. July/Aug. 2010.vol.50 no.4 São Paulo.

- HCFMB – Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu. No combate ao COVID-19, a alimentação saudável é uma grande aliada. [acesso 11 jul. 2020] Disponível em: http://www.hcfmb.unesp.br/no-combate-ao-covid-19-a-alimentacao-saudavel-e-uma-grande-aliada/

- IOP – Instituto de Oncologia do Paraná. Alimentação na ajuda contra o Coronavírus (COVID-19). [acesso 11 jul. 2020] Disponível em: http://iop.com.br/nutricao/alimentacao-na-ajuda-contra-o-coronavirus-covid-19/

- Maggini S., Maldonado P., Cardim P., Fernandez Newball C., Sota Latino E. Vitamins C., D e zinco: Papéis sinérgicos na função imunológica e infecções. O Vitam. Mineiro. 2017; 6:167

- Segerstrom S., Miller G. Estresse psicológico e o sistema imunológico humano: Um estudo meta-analítico de 30 anos de investigação. Touro. 2004; 130:601-630. doi: 10.1037/0033-2909.130.4.601.

- Romeo J., Wärnberg J., Nova E., Díaz L.E., Gómez-Martinez S., Marcos A. Consumo moderado de álcool e o sistema imunológico: Uma revisão. Nutr. 2007; 98:S111-S115.

- Besedovsky L., Lange T., Born J. Sleep e função imunológica. Eur. J. Physiol. 2012; 163:121-137.

- Brasil. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Mo692 Alimentação e nutrição no Brasil / Eliane Said Dutra; Kênia Mara Baiocchi de Carvalho. 4.ed. atualizada e revisada – Cuiabá: Universidade Federal de Mato Grosso / Rede e-Tec Brasil, 2013.

- Alpert P. O papel das vitaminas e minerais no sistema imunológico. Manag. O Pract. 2017; 29:199-202.

- Prentice S. Eles são o que você come: Fatores nutricionais durante a gestação e a infância precoce podem modular a resposta imune neonatal? Na frente. O Imunol. 2017; 8:1641.

- Macêdo EMC, Amorim MAF, Silva A. CS, Castro CMMB. Efeitos da deficiência de cobre, zinco e magnésio sobre o sistema imune de crianças com desnutrição grave. Rev Paul Pediatr. 2010;28(3):329-36.

- Jen M, Yan AC. Syndromes associated with nutritional deficiency and excess. Clin Dermatol. 2010 Nov-Dec;28(6):669-85. doi: 10.1016/j.clindermatol.2010.03.029.

- Pedersen BK, Toft AD. Effects of exercise on lymphocytes and cytokines. Br J Sports Med. 2000 Aug;34(4):246-51. doi: 10.1136/bjsm.34.4.246.

- Cordova A, Alvarez-Mon M. Comportamento do zinco no exercício físico: uma referência especial à imunidade e fadiga. Neurosci Biobehav Rev. 1995 Fall; 19 (3): 439-45.

- Shankar AH, Prasad AS. Zinc and immune function: the biological basis of altered resistance to infection. Am J Clin Nutr. 1998 Aug;68(2 Suppl):447S-463S. doi: 10.1093/ajcn/68.2.447S.

- Salgueiro MJ, Zubillaga M, Lysionek A, Cremaschi G, Goldman CG, Caro R, De Paoli T, Hager A, Weill R, Boccio J. Zinc status and immune system relationship: a review. Biol Trace Elem Res. 2000 Sep;76(3):193-205. doi: 10.1385/BTER:76:3:193.

- MacDonald RS. O papel do zinco no crescimento e proliferação celular. J Nutr. Maio de 2000; 130 (5S Suppl): 1500S-8S. doi: 10.1093 / jn / 130.5.1500S.

- Rosenkranz E, Hilgers RD, Uciechowski P, et al. Zinc enhances the number of regulatory T cells in allergen-stimulated cells from atopic subjects. European Journal of Nutrition 2015, pp.1-11.

- Cook JD, Baynes RD, Skikne BS. Iron deficiency and the measurement of iron status. Nutr Res Rev. 1992 Jan;5(1):198-202. doi: 10.1079/NRR19920014.

- Walter T. Consequências não hematológicas da deficiência de ferro. An Nestlé 1996; 52:25-35.

- Andrews PA. Disorders of iron metabolism. N Engl J Med. 2000 Apr 27;342(17):1293; author reply 1294. doi: 10.1056/NEJM200004273421716.

- Yun S, Vincelette ND. Update on iron metabolism and molecular perspective of common genetic and acquired disorder, hemochromatosis. Crit Rev Oncol Hematol. 2015 Jul;95(1):12-25. doi: 10.1016/j.critrevonc.2015.02.006. Epub 2015 Feb 18.

- Pinto GM. Deficiência de ferro: resistência ou suscetibilidade a infecções. Rev Med Minas Gerais 2008; 18:191-6.

- Legrand D, Elass E, Carpentier M, Mazurier J. Interactions of lactoferrin with cells involved in immune function. Biochem Cell Biol. 2006 Jun;84(3):282-90. doi: 10.1139/o06-045.

- Sarni RO, Souza FI, Cocco RR, Mallozi1 MC, Dirceu S. Micronutrientes e sistema imunológico. Rev. bras. alerg. imunopatol. 2010– Vol. 33, Nº1.

- Carr AC, Maggini S. Vitamin C and Immune Function. Nutrients. 2017 Nov 3;9(11):1211. doi: 10.3390/nu9111211.

- ASBRAN - Associação Brasileira de Nutrição. Vitamina C e imunidade: alimentos garantem doses recomendadas. Pinheiros (SP); 2020.

- Pinheiro DM, Porto KRA, Menezes MES. A química dos alimentos: carboidratos, lipídios, proteínas e minerais. Maceió: EDUFAL, 2005. 52p.: il. - (Conversando sobre ciências em Alagoas).

- Bringhurst FR, Demay MB, Kronenberg HM. Hormones and Disorders of Mineral Metabolism. In: Kronenberg HM, Melmed S, Polonsky KS, Larsen PR editors. Williams Textbook of Endocrinology, 11 ed. Philadelphia: Elsevier, 2008

- Sociedade Brasileira de Dermatologia, comunicado oficial da SBD sobre câncer de pele, proteção solar e vitamina D, 2017. Disponivel em >http://www.sbd.org.br/noticias/comunicado-da-sociedade-brasileira-de-dermatologia-sobre-cancer-da-pele-protecao-solar-e-vitamina-d/

- Prietl B, Treiber G, Pieber TR, Amrein K. Vitamin D and immune function. Nutrients 2013 Jul 5; 5:2502–2521.

- Szodoray P, Nakken B, Gaal J, Jonsson R, Szegedi A, Zold E et al. The complex role of vitamin D in autoimmune diseases. Scand J Immunol 2008; 68(3):261-9.

- Deluca HF, Cantorna MT. Vitamin D - its role and uses in immunology. FASEB Journal 2012; 15:2579-85.

- Mechica JB, Raquitismo e Osteomalácia. Arq Bras Endocrinol Metab v.43 n.6 São Paulo dez. 1999

- Shin D.-M., Yuk J.-M., Lee H.-M., Lee S.-H., Son J.W., Harding C.V., Kim J.-M., Modlin R.L., Jo E.-K. A lipoproteína micobacteriana ativa a autofagia via TLR2/1/CD14 e uma sinalização funcional do receptor de vitamina D. O celular. Microbiol. 2010; 12:1648-1665.

- Marques CDL, Dantas AT, Fragoso TS, Duarte ALBP, A importância dos níveis de vitamina D nas doenças autoimunes. Universidade Federal de Pernambuco UFPE. 2010;

- Cantorna MT, Mahon B. Mounting evidence for vitamin D as an environmental factor affecting autoimmune disease prevalence. Exp Bio Med (Maywood) 2004 229(11):1136-42.

- Pedro P. V. Varella, Wilma C. Neves Forte. Citocinas:revisão. Rev. bras. alerg. imunopatol. 2001; 24(4):146-154

- Sassi F., Tamone C., D'Amelio P. Vitamina D: Nutriente, Hormônio e Imunomodulador. Nutrientes. 2018; 10:1656.

- Semba RD. The role of vitamin A and related retinoids in immune function. Nutr Rev 1998; 56 (1): S38-48.

- Roncada MJ. Vitaminas Lipossolúveis. In: Dutra-de-Oliveira JE, Marchini JS. Ciências Nutricionais. São Paulo: Sarvier, 1998. 167 – 189 p.

- Ramakrishnan U, Aburto N, McCabe G, Martorell R. Multimicronutrient interventions but not vitamin A interventions alone improve children growth: results of an analyses. J Nutr 2004; 134(10): 2592-602.

- Christian P, West Jr KP. Interactions between zinc and vitamin A: an update. Am J Clin Nutr 1998; 68 (suppl): 435S-41S.

- West KP Jr. Extent of vitamin A deficiency among preschool children and women of reproductive age. J Nutr 2002; 132: 2857S-66S.

- Garbe A, Buck J, Hammerling U. Retinoids are important cofactors in T cell activation. J Exp Med 1992; 176: 109-17.

- Pasatiempo AM, Kinoshita M, Taylor CE, Ross AC. Antibody production in vitamin A-depleted rats is impaired after immunization with bacterial polisaccharide or protein antigens. FASEB J 1990; 4:2518-27.

Downloads

Publicado

11-06-2021

Como Citar

MASSAROLLO, A. C. D.; DA CUNHA, B. M.; GIRARDI, T. C.; VIEIRA, A. P.; PRIETO, L. M.; ARRUDA, G.; MARTINEZ, A. de C.; FOLLADOR, F. A. C. RELAÇÃO ENTRE ALIMENTAÇÃO E IMUNIDADE EM TEMPOS DE PANDEMIA COVID-19. Acta Elit Salutis, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 1–14, 2021. DOI: 10.48075/aes.v4i1.25697. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/salutis/article/view/25697. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos de Revisão