Práticas de Ensino e Diretrizes Curriculares: alcances e objetivos das atividades práticas de aprendizagem para a formação docente

Autores

  • Vanessa Lucena Camargo de Almeida Klaus Unioeste
  • Alessandra Regina Ribeiro Honório Unioeste

Palavras-chave:

Fórum das Licenciaturas. Formação Docente. Práticas Educativas e de Ensino. Parecer CNE/CP 009/2001

Resumo


As licenciaturas da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) têm buscado refletir e debater problemáticas no âmbito da educação, visando o papel formativo dos docentes que atuam nesses cursos. Dentre essas, discute-se a importância de se obter um diálogo entre a Universidade e as Escolas da Educação Básica a respeito de atividades práticas educativas e de ensino. Dessa maneira, este artigo, traz o resultado das discussões e possíveis encaminhamentos realizados por discentes e docentes da Unioeste, reunidos em um grupo de trabalho do IX Fórum das Licenciaturas, a respeito da temática “Práticas de ensino e diretrizes curriculares: alcances e objetivos das atividades práticas de aprendizagem para a formação docente”, com base no parecer CNE/CP 009/2001 respectivo às Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica.

Referências

AGUIAR, M. A. da S. Relato da resistência à instituição da BNCC pelo Conselho Nacional de Educação mediante pedido de vista e declarações de votos. In: [Org.] AGUIAR, M. A. da S.; DOURADO, L. F. A BNCC na contramão do PNE 2014-2024: avaliação e perspectivas. Recife: ANPAE, 2018, p.8-22. Disponível em: <http://www.fvcpedagogia.com.br/lateral/documentos/a_bncc_na_contramao_2014.pdf>. Acesso em: 03 jul. 2018.

ANPED. Manifestação das entidades educacionais sobre a política de formação de professores anunciada pelo MEC. Outubro de 2017. Disponível em: <http://www.anped.org.br/news/manifestacao-das-entidades-educacionais-sobre-politica-de-formacao-de-professores-anunciada>. Acesso em: 05 jul. 2018.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP 009/2001. Diretrizes curriculares nacionais para a formação de professores da educação básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Diário Oficial da União, Brasília, 18 jan. 2002, Seção 1, p. 31. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/009.pdf>. Acesso em: 03 jul. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. MEC. Brasília, DF, 2017. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/>. Acesso em: 03 jul. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Proposta de Diretrizes para a formação de professores da Educação Básica, em curso de nível superior: versão preliminar. Maio de 2000. Brasília, 2000. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/basica.pdf>. Acesso em: 05 jul. 2018.

CAPES. Programa de Residência Pedagógica. Março de 2018. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/educacao-basica/programa-residencia-pedagogica>. Acesso em: 05 jul. 2018.

JUNGES, K. de S.; JUNGES, S. S. A instituição de ensino superior como o locus da formação docente: a pedagogia universitária como política institucional. In: X ANPED SUL, Florianópolis. Anais...2014, p.1-17. Disponível em: <http://xanpedsul.faed.udesc.br/arq_pdf/200-0.pdf>. Acesso em: 05 jul. 2018.

PAZIANI, R. R. A quem serve a base nacional comum curricular?: dos apontamentos críticos na área de ciências humanas à análise específica do curso de história (Unioeste). Temas & Matizes, Cascavel, v. 11, n. 20, p. 44-65, jan./jun., 2017. Disponível em: < revista.unioeste.br/index.php/temasematizes/article/download/17096/11584>. Acesso em: 03 jul. 2018.

VASCONCELOS, M. M. de C. A formação do professor do ensino superior. 2 ed. São Paulo: Pioneira, 2000.

Downloads

Publicado

22-07-2018

Como Citar

LUCENA CAMARGO DE ALMEIDA KLAUS, V.; HONÓRIO, A. R. R. Práticas de Ensino e Diretrizes Curriculares: alcances e objetivos das atividades práticas de aprendizagem para a formação docente. Temas &amp; Matizes, [S. l.], v. 12, n. 22, p. 14–23, 2018. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temasematizes/article/view/19963. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Práticas educativas e de ensino: reflexões sobre os avanços e desafios da formação docente