A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DO ARQUITETO SEGUNDO A VISÃO FILOSÓFICA DE VITRUVIUS

Tânia Baier

Resumo

RESUMO: Escrito pelo engenheiro e arquiteto romano Vitruvius, no primeiro século antes da era cristã, o tratado De Architectura Libri Decem (Dez Livros sobre Arquitetura) é o primeiro texto teórico no mundo ocidental sobre arquitetura. Dos dez rolos originais desaparecidos são conhecidas atualmente setenta e oito cópias manuscritas, todas derivadas de um único arquétipo. A partir do Renascimento, em diversos países, o tratado vitruviano influenciou sucessivas gerações de arquitetos que construíram edificações nos estilos arquitetônicos conhecidos como Classicismo e Neoclassicismo. Neste artigo é focada a explanação de Vitruvius sobre os assuntos que o arquiteto deve conhecer. Segundo a sua visão filosófica, todas as áreas do saber elencadas para a educação do arquiteto estão intimamente ligadas e constituem um único corpo de conhecimento. Nessa visão, não basta o domínio de técnicas da geometria e da aritmética. Para Vitruvius, a educação do arquiteto visa à criação de projetos arquitetônicos tendo como princípio filosófico norteador o cuidado com a qualidade de vida dos habitantes em um meio ambiente saudável. Nessa visão filosófica constata-se a atualidade do pensamento de Vitruvius.

Palavras-chave

Educação Matemática; Arquitetura; Vitruvius.

Texto completo:

PDF