O ENSINO DE SOCIOLOGIA E AS NOVAS DCNEM

Amurabi Oliveira

Resumo

A partir de 2008 a Sociologia passou a figurar como disciplina obrigatória em todas as séries do Ensino Médio no Brasil, gerando um debate que vinha sendo fomentado ao menos desde a publicação da LDB em 1996, e acompanhado por campanhas de reintrodução da disciplina no currículo escolar. Essa ciência foi relegada a um conhecimento que deveria ser lecionado de forma “interdisciplinar” em outras disciplinas, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio de 1998, o que na prática implicou na negação do espaço dessa disciplina no currículo, com a publicação das novas diretrizes em 2012 o lugar dessa ciência na escola passa a ser alterado, ao menos no que diz respeito a forma como ela é percebida pelos documentos oficiais. Visamos nesse artigo desenvolver uma reflexão em torno desse novo cenário, pensando o lugar da Sociologia no contexto criado pelas novas DCNEM. Destaca-se nestas diretrizes o receonhecimento da relevância do aspecto disciplinar, e da existência de uma base nacional comum articulada a uma parte diversificada, o que se mostra de extrema relevância para o atual debate sobre o Ensino de Sociologia na Educação Básica.

 

Palavras-chave

Ensino de Sociologia; DCNEM; Ensino Médio.

Texto completo:

PDF