Análise dos periódicos qualis/CAPES: visão geral da área de ensino em Ciências e Matemática

Autores

  • Saulo Cézar Seiffert Santos Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Alessandra Crystian Engles dos Reis Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Cléria Maria Wendling Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Kassiana da Silva Miguel Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Luciana Del Castanhel Peron Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Maira Vanessa Bär Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Wander Mateus Branco Meier Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Márcia Borin da Cunha Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) https://orcid.org/0000-0002-3953-5198

DOI:

https://doi.org/10.33238/ReBECEM.2018.v.2.n.1.19423

Palavras-chave:

Periódicos, Ensino de Ciências, Educação Matemática, Qualis.

Resumo


Resumo: No Brasil, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) propõe à produção científica, avaliação da qualidade dos periódicos, por meio de um sistema denominado Qualis. Buscamos descrever os periódicos da área de Ensino na especificidade de Educação/Ensino em Ciências e/ou Matemática, presente na edição Qualis CAPES (2013-2016). A partir do estudo dos periódicos A1 a B1 da área de Ensino. Aferimos 506 títulos, desconsiderando duplicidades na plataforma Sucupira. A Análise foi qualitativa e descritiva com uso do Formulário Google. Os dados pesquisados foram relacionados à fundação, disponibilização pela internet, bases de indexadores e citações. Encontramos um quadro de 82 revistas com escopo voltado a área de Ensino de Ciências e Matemática. Do total de periódicos, 46 em Ciências, 27 em Matemática e 9 periódicos Mistos. Os dados foram organizados conforme a caracterização das revistas. Realizamos análise e discussão, e por fim sugerimos recomendações sobre a qualidade.Palavras-chave: Periódicos; Ensino de Ciências; Educação Matemática; Qualis. Analysis of qualis/CAPES periodicals: overview of the area in of Science and Mathematics educationAbstract: In Brazil, the Coordination of Improvement of Higher Education Personnel (CAPES in portuguese) proposes to the scientific production, evaluation of the quality of journals, through a system called Qualis. We seek to describe the journals of the Teaching area in the specificity of Education / Teaching in Science and / or Mathematics, present in the edition Qualis CAPES (2013-2016). From the study of the periodicals A1 to B1 of the Teaching area. We checked 506 titles, disregarding duplications on the Sucupira Platform. Qualitative and descriptive analysis using the Google Form. The data surveyed were related to the foundation, availability by intenet, bases of indexers and citations. We found a table of 82 journals with scope focused on the area ofScience and Mathematics Teaching. Of the total periodicals, 46 in Science, 27 in Mathematics and 9 in Mixed Periodicals. The data were organization according to the characterization of the journals. We carry out analysis and discussion, and finally we suggest recommendations on quality.Keywords: Periodicals; Science Education; Mathematical Education; Qualis. 

Biografia do Autor

Saulo Cézar Seiffert Santos, Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Doutorando em Educação em Ciências no PPGECEM na Unioeste em Cascavel-PR. Mestre em Ensino de Ciências pela Universidade do Estado do Amazonas (2010), especialização em Docência do Ensino Superior pelo Centro de Pesquisa da Amazônia (CEPAM), graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Amazonas. Trabalha atualmente na Área de Ensino de Ciências do Departamento de Biologia do Instituto de Ciências Biológicas na Universidade Federal do Amazonas. Possui experiência em Ensino de Biologia, Analogias e Metáforas no ensino, uso de espaços não formais.

Alessandra Crystian Engles dos Reis, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2002), especialização em Enfermagem com Ênfase em Saúde do Adulto, pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2006) e Obstetricia pela Faculdade Assis Gurgacz (2011), mestrado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (2009), doutoranda (ingresso em 2017) pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, no Programa de Educação em Ciências e Educação Matemática na linha de Pesquisa Educação em Ciências com a temática Educação em saúde: violência contra a mulher. Atuou como professora da Faculdade Assis Gurgacz - Cascavel-PR no curso de Enfermagem no período de 2006 a 2016. Atualmente é Professora Assistente na Área de Prática de Ensino da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, membro do Grupo de Pesquisa - Estudos e Pesquisa em Práticas Educativas e Formação em Saúde e do Grupo de Pesquisa Educação em Ciências e Biologia (GECIBIO). Coordenadora adjunta da Comissão de Saúde da Mulher - Coren-PR, supervisora do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem Materno Infantil, Educação Permanente e Formação de Professores.

Cléria Maria Wendling, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Maria (2001) e mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (2004). Atualmente é professor assistente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná atuando no curso de Pedagogia onde ministra as disciplinas Teoria e prática do ensino de ciências e estágio supervisionado sob forma de prática de ensino. Coordena e colabora no projeto do PIBID desde 2010 refletindo com o grupo de bolsistas os elementos que compõem a docência e da contribuição da prática na formação inicial e continuada de professores. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Currículos Específicos para Níveis e Tipos de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, ensino de ciências, educação ambiental, prática educativa, investigação-ação educacional, currículo. É componente dos grupos de pesquisa IMAGINAR e Criança, infância e escola. Atua no projeto Patronato vinculado ao Universidade sem Fronteiras juntamente com uma equipe multiprofissional orientando a área da Pedagogia. Doutoranda em Educação em Ciências no PPGECEM na Unioeste em Cascavel-PR.

Kassiana da Silva Miguel, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Atualmente Doutoranda do Curso de Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2017). Mestre em Educação Científica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC (2016). Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná- UNIOESTE (2013). Atua principalmente nas seguintes linhas de pesquisa: Educação em Ciências e Biologia, Avaliação da Aprendizagem Educacional e Formação de Professores. É integrante dos seguintes Grupos de Pesquisa "INOVAEDUC- Grupo de Estudos, Pesquisas e Intervenções-Inovação Educacional, Práticas Educativas e Formação de Professores" e "GECIBIO-Grupo de Pesquisa em Educação em Ciências e Biologia- Investigação sobre a prática avaliativa no contexto de pesquisa, da formação de Professores e do Ensino de Ciências e Biologia". Membro da Sociedade Brasileira de Ensino de Biologia- SBEnBIO, desde 2011 e Afiliada com a Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, desde 2012.

Luciana Del Castanhel Peron, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Possui Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE - 2001), Campus de Foz do Iguaçu, Especialista em Psicopedagogia Institucional(2003), Especialista em Docência do Ensino Superior(2012). Mestre em Educação para a Ciência e o Ensino de Matemática pela Universidade Estadual de Maringá(UEM - 2007/2009). Docente no Ensino Superior na UNIOESTE - Campus Foz do Iguaçu. Professora colaboradora voluntária do PIBID/MAT/FOZ. Vice-presidente da comissão de extensão do CECE/UNIOESTE/FOZ. Coordenadora dos estágios supervisionados do curso de Licenciatura em Matemática. Projeto de pesquisa de Mestrado: Análise erros na disciplina de Matemática e a formação de professores através do trabalho colaborativo. Aluna regular do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Educação Matemática, nível de Doutorado, na Unioeste/Cascavel. Dedica-se ao estudo das áreas da Matemática e da Educação Matemática

Maira Vanessa Bär, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Graduada no curso de Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE. É integrante do grupo de Pesquisa Formação de Professores de Ciências e Matemática e do Grupo de Pesquisa Educação em Ciências e Biologia. Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE. Atualmente, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Educação Matemática - UNIOESTE e graduanda do curso de Pedagogia pela Universidade Paulista - UNIP.

Wander Mateus Branco Meier, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Docente da Universidade Federal do Paraná - UFPR / Setor Palotina, vinculado aos Cursos de Licenciatura em Ciências Exatas e Licenciatura em Computação. Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2008). Especialista no Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2010). Mestre em Educação, Políticas Sociais e Estado (2012), na área de Educação Matemática e Doutorando em Educação Matemática, pela mesma universidade.

Márcia Borin da Cunha, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Possui graduação em Química Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (1985), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (1999), doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2010) e Pós-doutorado pela Universidade Federal de São João del-Rei (2015). Atualmente é professor adjunto da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste. Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e Programa de Pós-Graduação em Ensino da Unioeste. Membro do Núcleo de Ensino de Ciências, NECTO, Unioeste. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação do Professor, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de ciências e química, material didático, meio ambiente, química ambiental, divulgação científica, Teoria sociocultural de Vigotski e discurso em Bakthin.

Referências

BARATA, R. C. B. Dez coisas que você deveria saber sobre o Qualis. Revista Brasileira dePós-Graduação, Brasília, v. 13, n. 30, p. 13-40, 2016. Disponível em: <http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/947/pdf>. Acesso em: 18dez. 2017.

BUENO, W. C. Comunicação científica e divulgação científica: aproximações e rupturasconceituais. Informação & Informação, Brasília, v. 15, n. supl, p. 1-12, 2010.Disponível em:<http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/6585>. Acesso em:18 dez.2017.

FERREIRA, M. C. G.; KRZYZANOWSKI, R. F. Periódicos científicos: critérios dequalidade. Pesquisa Odontologia do Brasil, São Paulo, v. 17, n. suplem, p. 43-48, 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pob/v17s1/a07v17s1.pdf>. Acesso em: 14 ago. 2017.

MALOZZE, G. L. M. Produção científica: periódicos. In: WITTER, G. P. (Org.). Produção científica em psicologia e educação. Campinas: Alínea, 1999. p. 103-122.

MACHADO, A. M. N.; JESUS, P. C. P. G. A “carta periódica”: um modelo de publicação interativo para superar o produtivismo acadêmico e qualificar a produção científica. MACAU (CHINA): [s.n.], 2012. p. 1-11.

NASSI-CALÒ, L. Estudo destaca os modelos de publicação em periódicos científicos do Brasil e Espanha [online]. SciELO em Perspectiva, São Paulo, 2014. Disponível em:<http://blog.scielo.org/blog/2014/04/25/estudo-destaca-os-modelos-de-publicacao-emperiodicos-cientificos-do-brasil-e-espanha/>. Acesso em: 18 dez. 2017.

Downloads

Publicado

03-05-2018

Como Citar

SEIFFERT SANTOS, S. C.; REIS, A. C. E. dos; WENDLING, C. M.; MIGUEL, K. da S.; PERON, L. D. C.; BÄR, M. V.; MEIER, W. M. B.; CUNHA, M. B. da. Análise dos periódicos qualis/CAPES: visão geral da área de ensino em Ciências e Matemática. Revista Brasileira de Educação em Ciências e Educação Matemática, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 106–126, 2018. DOI: 10.33238/ReBECEM.2018.v.2.n.1.19423. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/rebecem/article/view/19423. Acesso em: 17 out. 2021.