Gamificação no ensino de astronomia

Autores

  • Roger Broetto Rocha Instituto Federal do Espírito Santo - Campus Cariacica
  • Lucio Martins Fassini da Silva Instituto Federal do Espírito Santo - Campus Cariacica
  • Cleiton Kenup Piumbini Instituto Federal do Espírito Santo - Campus Cariacica
  • Luiz Otavio Buffon Instituto Federal do Espírito Santo - Campus Cariacica
  • Marconi Frank Barros Rede estadual de ensino do estado do Espírito Santo.

DOI:

https://doi.org/10.33238/ReBECEM.2020.v.4.n.4.26158

Palavras-chave:

Gamificação em sala de aula, Ensino de Astronomia, PIBID

Resumo


Resumo: Este trabalho tem por objetivo relatar uma atividade didática, realizada no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), envolvendo o ensino de Astronomia numa turma do primeiro ano do ensino médio de uma escola do município de Vitória, ES. A atividade foi planejada e executada pelo subprojeto do Curso de Licenciatura em Física do IFES – Campus Cariacica. A metodologia foi baseada na Gamificação aplicada ao ensino-aprendizagem. A intervenção ocorreu em três etapas, sendo a primeira realizada em dois encontros, através de apresentações dialogadas sobre Astronomia usando slides e gifs, a segunda consistiu na aplicação da Gamificação através de um jogo e finalizando com a terceira etapa, foi aplicado um pequeno questionário. Ao final houve um momento de avaliação e as análises constataram que o ensino de Astronomia através da atividade gamificada do jogo conseguiu motivar os alunos, despertar o interesse pelo assunto e produzir indícios de aprendizagem.

Palavras-chave: Gamificação em sala de aula; Ensino de Astronomia; PIBID.

 

Gamification in astronomy teaching

Abstract: This work aims to report on a didactic activity, carried out in the Institutional Program for Teaching Initiation Scholarships (PIBID), involving the teaching of Astronomy in a class of the first year of high school at a school in the city of Vitória, ES. The activity was carried out by the subproject of the Physics Degree Course at IFES - Campus Cariacica. The intervention took place in three stages, the first being in two meetings, through dialogued presentations on Astronomy using slides and gifs, the second consisted of the application of Gamification through a game and ending with the third stage, a small questionnaire was applied. At the end there was a moment of evaluation and the analyzes found that the teaching of Astronomy through the gamified activity of the game managed to motivate students, arouse interest in the subject and produce evidence of learning.

Keywords: Gamification activity in the classroom; Astronomy teaching; PIBID.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, P. N. Dinâmica lúdica: técnicas e jogos pedagógicos. São Paulo: Editora Loyola, 1974.

ALVES, L. R. G.; MINHO, M. R. S.; DINIZ, M. V. C. Gamificação: Diálogos com a educação. In: FADEL, L. M.; ULBRICHT, V. R.; BATISTA, C.; VANZIN, T. (Org.). Gamificação na educação. São Paulo: Pimenta Cultural, 2014. p. 74 – 97.

BISCH, S. M. Astronomia no ensino fundamental: natureza e conteúdo do conhecimento de estudantes e professores. 1998. 301f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.

BRASIL, Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). 2017. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=85121-bncc-ensino-medio&category_slug=abril-2018-pdf&Itemid=30192>. Acesso em: 7 de maio de 2020.

KAPP, K. M. The gamification of learning and instruction: game-based methods and strategies for training and education. San Francisco: Pfeiffer, 2012.

LANGHI, R. Justificativas para o ensino de Astronomia: o que dizem os pesquisadores brasileiros? Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências. Belo Horizonte, v. 14, n. 3, p. 41-59, 2014.

LEITE, C. Os professores de Ciências e suas formas de pensar a Astronomia. 2002. 160 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Física e Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. Tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34, 2009.

MIRANDA, J.C.; GONZAGA, R.C.; COSTA, R.C.; FREITAS, C.C.C.; CÔRTES, K.C. Jogos didáticos para o ensino de Astronomia no Ensino Fundamental. Scientia plena. São Cristóvão - SE, v. 12, n. 2, p. 1-11, 2016. Disponível em: <https://www.scientiaplena.org.br/sp/article/view/2742>. Acesso em 26 ago. 2020.

MORAES, Roque. Análise de conteúdo. Revista Educação.Porto Alegre, v. 22, n. 37, p. 7-32, 1999.

MOURÃO, Ronaldo Rogério de Freitas. Da terra às galáxias: uma introdução à astrofísica. Petrópolis, RJ: Ed. Vozes, 1997.

PAGANINI, E. R. A máquina: uma proposta de livro-jogo para o ensino de eletrodinâmica básica. 2018. 233 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Física) – Instituto Federal do Espírito Santo – Campus Cariacica, Cariacica, 2018. Acesso 26 de agosto de 2020, https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6380234.

PORTAL BLOGSPOT. Jogando aprendendo ensinando. 2013. Disponível em: <http://jogandoaprendendoensinando.blogspot.com.br/2013/11/passa-ou-repassa.html>. Acesso em 7 de maio de 2020.

SOLER, D. R.; LEITE, C. Importância e justificativas para o ensino de astronomia: um olhar para as pesquisas da área. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM ASTRONOMIA, II, 2012, São Paulo. Cadernos de resumos... São Paulo: Universidade de São Paulo, 2012. p. 370-379. Disponível em: <https://www.sab-astro.org.br/eventos/snea/ii-snea/atas/comunicacoes-orais/ co21/>. Acesso em 26 agos. 2020.

Downloads

Publicado

23-12-2020

Como Citar

ROCHA, R. B.; DA SILVA, L. M. F.; PIUMBINI, C. K.; BUFFON, L. O.; BARROS, M. F. Gamificação no ensino de astronomia. Revista Brasileira de Educação em Ciências e Educação Matemática, [S. l.], v. 4, n. 4, p. 623–639, 2020. DOI: 10.33238/ReBECEM.2020.v.4.n.4.26158. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/rebecem/article/view/26158. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Relato de Experiência