Alfabetização científico-tecnológica no currículo de ciências dos anos iniciais:

educação CTS e o pensamento freireano em teses e dissertações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33238/ReBECEM.2022.v.6.n.1.28953

Palavras-chave:

Configuração Curricular, CTS , Freire

Resumo


A sociedade tem sofrido cada vez mais rápidas transformações, isso repercute na escola.  Objetivamos (re)conhecer os desafios e as possibilidades de ensino para a promoção da Alfabetização Científico-tecnológica no Ensino de Ciências para os Anos Iniciais a partir da aproximação dos pressupostos de Freire e o enfoque CTS. É uma pesquisa qualitativa, cujo corpus de análise foi composto por teses e dissertações do repositório do IBICT. A partir da análise emergiram quatro categorias: desafios para a configuração curricular sob a perspectiva de Freire e CTS; Práticas educativas com abordagem CTS presentes no Currículo; Aproximações entre enfoque Freire e CTS: auxiliando os educadores dos Anos Iniciais a melhor compreender o Ensino de Ciências; ECT e a ACT: importância para o Ensino de Ciências nos Anos Iniciais. Sinalizamos a necessidade de mudança na formação dos educadores, através de formação continuada, para que ampliem seus conhecimentos acerca de um currículo mais emancipatório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosemar Ayres dos Santos, UFFS

Licenciada em F´ísica, Mestre e Doutora em Educação, Docente do Programa de Pós-Graduação no Ensino de Ciências da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus de Cerro Largo, RS. 

Referências

AULER, D. Interações entre Ciência-Tecnologia-Sociedade no contexto da formação de professores de Ciências. 2002. 257f. Tese. (Doutorado em Educação: Ensino de Ciências Naturais). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

AULER, D. Enfoque Ciência-Tecnologia-Sociedade: pressupostos para o contexto brasileiro. Ciência & Ensino. Piracicaba, v. 1, n. especial, p. 1-20, 2008.

BIZZO, N. Ciências: Fácil ou difícil. 2. ed. 10. impressão. São Paulo: Ed. Ática, 2008.

CACHAPUZ, A.; GIL-PEREZ. D.; PESSOA DE CARVALHO, A. M.; PRAIA, J.; VILCHES, A. A necessária renovação do ensino das ciências. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2011.

CALDEIRAS, A. M. A.; BASTOS, F. Alfabetização Científica. In: VALE, J. M. F.; MAGNONI, L.; LUCCI, E.A.; MAGNONI, M.G.M. Escola Pública e Sociedade, Bauru: Saraiva, 2002.

COSTA, W. C. L. C. Os temas geradores como facilitadores no processo de alfabetização dos alunos da SRM: uma experiência sobre a cultura paraense. Universidade do Estado do Pará. Biblioteca do Centro de Ciências Sociais e Educação, 2017.

DAGNINO, R. P. Neutralidade da ciência e determinismo tecnológico: um debate sobre a tecnociência. Campinas, São Paulo: Editora da Unicamp, 2008.

DELIZOICOV, D. Concepção Problematizadora do Ensino de Ciências na Educação Formal.1982. 227f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade de São Paulo, FE/USP, São Paulo, 1982.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J.A.P.; PERNAMBUCO, M.M.C.A. Ensino de Ciências: Fundamentos e Métodos. 4ed. São Paulo: Cortez, 2011.

DELIZOICOV, D.; GEHLEN, S. T.; IBRAIM, S. S. Centenário Paulo Freire: Contribuições do Ideário Freireano para a Educação em Ciência. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, p. 1-6, 2021.

FABRI, F. SILVEIRA; R. M. C. F; NIEZER, T. M. Ensino de Ciências nos anos iniciais e a abordagem CTS: uma experiência pedagógica na formação de professores. Espacios, Venezuela, v. 35, n. 6, p. 9, 2014.

FERRÃO, L. V.; AULER, D. Os estudantes do arquivo morto. Revista Educação, Santa Maria, v. 37, n. 1, p. 1-14, 2012.

FOUREZ, G. A Construção das Ciências. Introdução à Filosofia e à Ética das Ciências. São Paulo: Editora UNESP, 1995.

FOUREZ, G. Saber Sobre Nuestros Saberes: un léxico epistemológico para la enseñanza. Traducción: Elsa Gómez de Sarría. Buenos Aires: Ediciones Colihue, 1998.

FREIRE, P. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. 5. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

FREIRE, P. A Educação na Cidade. São Paulo: Cortez; 1991.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 48ª Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 57. Ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOODSON, I. F. Currículo: teoria e história. 9 ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

KATO, D. S.; KAWASAKI, C. S. As concepções de contextualização do ensino em documentos curriculares oficiais e de professores de ciências. Revista Ciência & Educação, Bauru, v. 17, n. 1, p. 35-50, 2011.

KIEL, C. A.; FOGGIATTO SILVEIRA, R. M. C. O Ensino de Ciências com enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade e a Base Nacional Comum Curricular: o que sabem os professores do Ensino Fundamental anos inciais? Revista Ciências & Ideias, Nilópolis, v.12, n. 3, p. 129-145, 2021.

LIBÂNEO, J. C. A escola com que sonhamos é aquela que assegura a todos a formação cultural e científica para a vida pessoal, profissional e cidadã. In: COSTA, M. V. (Org.). A escola tem futuro? 2. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007. p. 23-50.

LORENZETTI, L.; DELIZOICOV, D. AC no contexto das séries iniciais. Ensaio - Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 3, n. 1, p.1-17, 2001.

MARTINS, I. P.; PAIXÃO, M. F. Perspectivas atuais Ciência-Tecnologia-Sociedade no ensino e na investigação em educação em ciência. In: SANTOS, W. L. P.; AULER, D. (Org.) CTS e educação científica: desafios, tendências e resultados de pesquisas. Brasília: Editora UNB, 2011, cap. 5, p.135-160.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise Textual Discursiva. Ijuí, Editora Unijuí, 2016.

RODRIGUES, C. L.; AMARAL, M. B. Problematizando o óbvio: ensinar a partir da realidade do aluno. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓSGRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 19, Caxambu, 1996. Anais [...]. Caxambu: Anped, 1996. p. 197.

ROSA, S. E.; STRIEDER, R. Dimensões da democratização da ciência-tecnologia no âmbito da educação CTS. Revista Insignare Scientia - RIS, Cerro Largo, v. 1, n. 2, p. 1-21, 2018.

SANTOS, R. A. Busca de uma participação social para além da avaliação de impactos da Ciência-Tecnologia na Sociedade: sinalizações de práticas educativas CTS. 2016. (203 p.). Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, 2016.

SANTOS, R. A.; AULER, D. Sobre desmotivação e desinteresse nas aulas de Física: buscando superações. In: ENCONTRO SOBRE INVESTIGAÇÃO NA ESCOLA, VIII, 2008, Ijuí. Anais do VIII Encontro sobre Investigação na Escola. Ijuí: Unijuí, 2008, p. 1-8.

SANTOS, R. A.; AULER, D. Práticas educativas CTS: busca de uma participação social para além da avaliação de impactos da Ciência-Tecnologia na Sociedade. Ciência e Educação, Bauru, v.25, n. 2. p.485-503, 2019.

SANTOS, W. L. P. Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 36, p. 474-492, 2007.

SANTOS, W. L. P. AULER, D. CTS e educação científica: desafios, tendências e resultados de pesquisas. Brasília. Editora Universidade de Brasília, 2011.

SANTOS. W. L. P. Contextualização no ensino de Ciências por meio de temas CTS em uma perspectiva crítica.Ciência & Ensino, Piracicaba, v. 1, n. Número especial, p. 1-12, 2007.

SANTOS, W. L.P.; SCHNETZLER, R.P. Educação em química: compromisso com a cidadania, Ijuí: Unijuí, 1997.

SASSERON, L. H.; CARVALHO, A. M. P. Alfabetização Científica: uma revisão bibliográfica. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 16, n. 1, p. 59-77, 2011.

SCHWAN, G.; SANTOS, R. A. Tecituras de currículo e práticas educativas: aproximação Freire-CTS no ensino de Ciências. Caminhos da Educação Matemática em Revista (On-Line), Sergipe, v. 12, n.1, p. 169-194, 2022.

SILVA, T. T. Apresentação. In: GOODSON, I. F. Currículo: teoria e história. 9ª ed. Petrópolis – Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

STRIEDER, R. B. Abordagem CTS e Ensino Médio: Espaços de Articulação. 2008. (236f.). Dissertação. (Mestrado em Ensino de Ciências). Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

TARDIF. M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, 6. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2006.

VALE, J. M. F. Educação Científica e sociedade. In: NARDI, R. (org.). Questões atuais no ensino de Ciências. 2. ed. São Paulo: Escrituras, 2009.

VIECHENESKI, J. P.; CARLETTO, M. R.; SILVEIRA, R. M. C. F. Proposta Curricular de Ciências para os Anos Iniciais e o enfoque CTS. Indagatio Didactica, Aveiro, v. 8, p. 1-13, 2016.

VIEIRA, R. M.; TENREIRO-VIEIRA, C.E; MARTINS, I. P. A Educação em Ciências com orientação CTS. Porto (Portugal): Areal Editores, 2011.

Downloads

Publicado

03-05-2022

Como Citar

KLESZTA, S. F.; SANTOS, R. A. dos . Alfabetização científico-tecnológica no currículo de ciências dos anos iniciais:: educação CTS e o pensamento freireano em teses e dissertações. Revista Brasileira de Educação em Ciências e Educação Matemática, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 54–79, 2022. DOI: 10.33238/ReBECEM.2022.v.6.n.1.28953. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/rebecem/article/view/28953. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Pesquisa